Conjuntivite Alérgica por Dr. Osnir Fugihara Manoel

Alergista – Ambulatório 2 do Hospital Ribeirão Pires

Existe alergia nos olhos?
Sim, várias alergias tambem podem acometer nossos olhos, sendo a mais comum a Conjuntivite Alérgica.

A conjuntivite alérgica vem sempre sozinha?
Não, algumas vezes, ela se apresenta de forma isolada, porém, pode ser acompanhada de outras alergias, principalmente a Rinite Alérgica. Asma e dermatites também podem acompanhar a alergia ocular.

Quais são os sintomas encontrados?
Olhos vermelhos, coceira, lacrimejamento, secreção (“remela”), inchaço das pálpebras, inchaço das conjuntivas (quemose), olhos secos, fotofobia (luz causa incômodo), conjuntiva de coloração amarelo acastanhado (conjuntivite crônica).

O que é rinoconjuntivite?
É a doença facilmente encontrada na mistura de rinite e conjuntivite, ocorrendo, além dos sintomas oculares, espirros, secreção nasal, entupimento e coceiras do nariz.

Quais são os tipos de conjuntivite alérgica?
Conjuntivite alérgica sazonal e perene, ceratoconjuntivite primaveril ou vernal, ceratoconjuntivite atópica, conjuntivite papilar gigante.

Quais são os outros tipos de alergia ocular?
Alergia nos olhos podem atingir cóneas=ceratites, úvea (úveites), pálpebras e cílios=blefarites.

O que provoca alergia ocular?
A poeira doméstica, ácaros, fungos (mofo), poluição, fumaças, poléns das plantas, pelos de animais, cheiros fortes de produtos de limpeza e perfumes, cosméticos, resíduos de materiais de construção, mãos sujas.

Todo inchaço dos olhos é alergia ocular?
Não, algumas vezes, estes inchaços são provocados por alergias da pele, por exemplo, dermatite de contato, picadas de insetos.

Quais as complicações da conjuntivite alérgica?
Poderão ocorrer ceratites (inflamação da córnea), micro nódulos na parte interna da pálpebra superior; entre a córnea e a conjuntiva surgirem pontos opacificados, conjuntivites bacterianas, úlceras de córnea.

Conjuntive alérgica é contagiosa?
Apesar dos olhos vermelhos, lacrimejando, secreção, ela não é contagiosa, o paciente pode frequentar escolas ou trabalhar.

Como é feito o diagnóstico da conjuntite alérgica?
A história clínica do paciente e o exame físico nos dão certeza do diagnóstico. Exames de sangue e teste alérgico complementam o diagnóstico.

Como a conjuntivite alérgica é tratada?
a) Afastar causa das alergias: limpeza doméstica e de colchões, travesseiros, evitar perfumes e cosméticos, não usar cobertores, cuidados com animais, cuidados com as mãos.

b) Medicamentos: antialérgicos orais e oculares, anti-inflamatórios, colírios, lágrimas artificiais, compressas de água ou solução fisiológica fria.

c) Cirurgias oculares em raros casos.

d) Imunoterapia: em alguns casos a Vacina Alergênica é de grande valia.

Estou em dúvidas sobre conjuntivite alérgica, o que faço?
Basta procurar um profissional especializado: Oftalmologista e/ou Alergista.